Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Comunicação > Notícias - InforMMA
Início do conteúdo da página
 
Terça, 13 Junho 2017 18:00

Encontro busca indicadores para agroecologia

Gilberto Soares/MMA
Oficina: políticas agroambientais

Governo e representantes da sociedade civil discutem criação de bases para medir grau de sustentabilidade das políticas agroambientais.


PAULENIR CONSTÂNCIO

Mais de 70 técnicos de várias áreas do governo federal e de organizações não governamentais participam, nesta terça-feira (13/06), em Brasília, de encontro para definir um modelo brasileiro de indicadores para políticas agroambientais. A ideia é estabelecer critérios para medir o grau de sustentabilidade do agronegócio, da agricultura familiar, da pesca e do setor florestal na América Latina e Caribe. Outros seis países da região já realizaram encontros com o mesmo objetivo.

Acesse as fotos

Das reuniões deverá sair, ainda, proposta para criação de um observatório brasileiro de sustentabilidade agroambiental para monitorar os resultados das políticas públicas que associam meio ambiente e agricultura.  As medidas estão sendo pensadas para acompanhar a implementação no Brasil dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, aprovados pela ONU em 2015, e das Diretrizes Voluntárias para Políticas Agroambientais na América Latina e Caribe, aprovadas pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação (FAO) no ano passado.

Para a secretária de Extrativismo e Desenvolvimento Rural Sustentável do Ministério do Meio Ambiente, Juliana Simões, a criação de indicadores deverá favorecer a agricultura brasileira frente a outros mercados. “A nossa agricultura avançou na criação de mecanismos de sustentabilidade”, avalia.  Ela citou o plantio direto, os sistemas de integração entre lavoura, pecuária e floresta, o Programa de Agricultura de Baixo Carbono, a obrigatoriedade de manutenção das áreas de preservação permanente e reserva florestais obrigatórias, como exemplos de medidas que contribuem para a sustentabilidade do setor e teriam impacto positivo sobre um indicador.

CRITÉRIOS DEFINIDOS

O representante da FAO no Brasil, Alan Bojanic, lembrou que o objetivo de erradicar a fome e a miséria depende de uma produção agropecuária com critérios de sustentabilidade bem definidos. O desenvolvimento de sistemas de monitoramento da sustentabilidade é necessário para que se possa medir o tamanho do impacto da produção sobre o meio ambiente. Ele citou previsões de que a expansão agrícola tornará o Brasil o maior produtor mundial de grãos nos próximos anos, o que faz da sustentabilidade “um grande desafio, que exigirá um grande esforço de todos”.

As reuniões de trabalho do Diálogo Nacional sobre Indicadores para Políticas Agroambientais terminam nessa quarta-feira (14/06). O encontro é realizado pela Secretaria de Extrativismo e Desenvolvimento Rural Sustentável do MMA e conta com o apoio da Agência de Cooperação Alemã (GIZ), FAO, da Agência Brasileira de Cooperação e do Ministério das Relações Exteriores.

 

Assessoria de Comunicação Social (Ascom/MMA): (61) 2028-1227



Fim do conteúdo da página